Equipamento / CaracterísticaLaser Weld 35Laser Weld 45Laser Weld 65
Espessura de SoldagemAté 3.5 mmAté 4.5 mmAté 6.5 mm
Potência de Entrada3 Kw4.8 Kw6 Kw

Na vanguarda da fabricação moderna, onde a precisão e a eficiência são fundamentais, as máquinas de soldar laser surgiram como uma tecnologia revolucionária.

Essas ferramentas transformaram a maneira como os materiais são unidos, oferecendo uma alternativa altamente precisa e controlada aos métodos tradicionais de soldagem. Da eletrônica ao setor automotivo, os soldadores a laser deixaram uma marca profunda em uma ampla gama de setores, impulsionando a qualidade e a inovação em cada etapa do processo de produção.

Nesta seção, falaremos sobre o que são as máquinas de solda laser, desde seus recursos até suas aplicações de ponta. Descobriremos como essas máquinas usam feixes de luz altamente focados para derreter e unir materiais, evitando os desafios comuns de distorção e danos térmicos.

O que são as máquinas de solda laser?

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que a soldagem a laser significa Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation (Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação), devido ao processo de soldagem por fusão no qual metais ou termoplásticos são unidos usando um feixe de laser focalizado.

Conforme mencionado anteriormente, as máquinas de soldagem a laser representam uma inovação tecnológica no campo da fabricação e união de materiais, pois é o método de soldagem mais avançado, usando uma abordagem altamente precisa e controlada para derreter e fundir diferentes tipos de materiais.

Diferentemente dos métodos de soldagem tradicionais, que podem gerar distorções térmicas e danos significativos, as máquinas de solda Laser Weld 35 minimizam esses efeitos indesejados ao concentrar a energia em uma pequena área de trabalho.

Como funcionam as máquinas de soldagem a laser?

O segredo da tecnologia de soldagem a laser está na capacidade do laser de gerar calor concentrado.

Ao colocar a luz no ponto de encontro dos materiais, é gerada uma fonte de calor intensa que derrete as bordas a serem unidas. À medida que o calor diminui, os materiais se solidificam em uma união forte.

A seguir, discutiremos com mais detalhes o processo geral de funcionamento das máquinas de solda a laser, que pode ser dividido nas seguintes etapas:

1.- Geração de Laser

O processo começa com a geração de uma luz altamente concentrada, que é formada pelo uso de meios como diodos de laser, gases ou cristais dopados.

O equipamento de solda a laser emite luz em um comprimento de onda específico, o que determina a capacidade do laser de interagir com diferentes tipos de materiais.

2 - Foco do Laser

Em segundo lugar, devemos focalizar o feixe de laser usando lentes ou sistemas ópticos para concentrar a energia em uma área pequena e precisa na superfície dos materiais a serem unidos. Essa parte do processo de soldagem é essencial para gerar calor suficiente para derreter os materiais.

3.- Absorção de Energia

Quando o laser atinge a superfície dos materiais, a energia é absorvida por eles. Essa energia é convertida em calor, aumentando a temperatura dos materiais na área focal. Isso faz com que os materiais derretam ou vaporizem, dependendo da aplicação e dos materiais específicos.

4.- Fusão e união

Conforme mencionado no item anterior, à medida que os materiais se aquecem e atingem seu ponto de fusão, eles começam a derreter e a se unir. Depois que a energia do laser é removida, os materiais derretidos se solidificam e formam uma ligação sólida. Isso é uma vantagem, pois não afeta negativamente a área ao redor da fusão.

5.- Controle e Automação

Por fim, os sistemas de soldagem a laser são altamente automatizados e controlados por computador. Isso permite que parâmetros específicos, como potência do laser, velocidade de movimento e duração do pulso, sejam programados, garantindo uma junta consistente e repetível.

Métodos de Soldagem a Laser

Há vários tipos de soldagem a laser, cada um deles adequado a diferentes aplicações e requisitos. Alguns dos tipos mais comuns são os seguintes:

1.- Condução térmica

Nesse método, a energia do laser é aplicada sobre a superfície de um dos materiais a serem unidos, o que significa que a energia é conduzida para o material de base, gerando calor e permitindo a fusão.

2.- Soldagem por Penetração

Em segundo lugar, temos a soldagem por penetração. Como o próprio nome diz, o laser penetra na superfície do material, criando um orifício e gerando um ponto de fusão profundo.

À medida que o laser avança, o material derrete em uma poça de fusão, permitindo a união de materiais espessos e a criação de juntas sólidas na parte inferior.

3.- Soldagem Pulsada

Esse método é caracterizado pelo uso de pulsos de laser muito curtos para derreter a superfície dos materiais. Esses pulsos geram uma transferência mínima de calor para o material ao redor, o que reduz o risco de deformação e distorção.

4.- Soldagem Contínua

Em contraste, nesse tipo de soldagem, o laser emite um fluxo constante de energia, o que permite a fusão contínua dos materiais. Esse método é ideal para a soldagem de materiais com alta condutividade térmica e pode ser mais rápido em determinados casos.

Aplicações das Máquinas de Solda a Laser

Por fim, gostaríamos de compartilhar com você as diferentes aplicações em que as máquinas de solda a laser podem ser necessárias:

1.- Indústria automotiva

No Brasil, o setor automotivo teve um crescimento exponencial e as máquinas de solda a laser são usadas para unir componentes críticos com precisão e durabilidade.

Desde a soldagem de painéis de carroceria até a união de componentes estruturais e sistemas de escapamento, as máquinas de solda a laser garantem juntas sólidas e consistentes. As máquinas de solda a laser também são aplicadas na soldagem de peças delicadas no interior de automóveis, como a soldagem de cabos e sensores em módulos eletrônicos.

2.- Eletrônicos

No setor de eletrônicos, a soldagem a laser é usada para montar componentes em dispositivos eletrônicos de alta precisão. Isso inclui a soldagem de componentes de montagem em superfície em placas de circuito impresso, a união de fios e a soldagem de conexões em micro dispositivos.

Como a soldagem a laser pode operar em escalas microscópicas com transferência mínima de calor, ela é essencial na fabricação de dispositivos sensíveis ao calor, como semicondutores e sensores.

3.- Setor aeroespacial

A soldagem a laser também pode ser aplicada no setor aeroespacial, onde a segurança e a durabilidade são fundamentais, e essas máquinas desempenham um papel essencial.

Soldas desse tipo são usadas na montagem de componentes de aeronaves e foguetes, como a união de linhas de combustível e sistemas hidráulicos.

Agora que você já sabe mais sobre as máquinas de solda a laser, fique à vontade para compartilhar nossos produtos em suas redes sociais e solicitar um orçamento sem compromisso para a sua.

×
×

Carrinho

Open chat
Olá! Como posso te ajudar?